Decisão da Anatel sobre VoIP no celular estimula competitividade


Publicado em: 16/11/2011 | Veículo: IPNEWS


Para Tellfree, inovação será fomentada.

 

A decisão da Anatel de que as operadoras não poderão mais impor restrições para VoIP no celular deve fazer com que o setor evolua, além de estimular a competição e a inovação para o crescimento sustentável do mercado brasileiro de telecomunicações, setor ainda em transformação. Esta é a opinão de Daniel Duarte, CEO da Tellfree.

 

“Essa decisão da Anatel permite que o mercado se desenvolva e que a inovação tecnológica entre de maneira efetiva, contribuindo não apenas para as empresas que atuam nessa área, mas também para seus usuários”, analisa o executivo.

 

As restrições que as operadoras impunham anteriormente estavam ligadas ao modelo de negócios. “Estas restrições eram aplicadas como forma de manter o mercado e restringir o acesso de novos serviços. O Brasil está entre os países mais caros em termos de telecomunicações. Os serviços desse setor representam um gasto médio mensal entre 4% e 4,5% do total da receita do usuário. Em países do hemisfério norte, por exemplo, o usuário tem um custo de apenas 1% do total de sua receita”.

 

Antes desta decisão da Anatel, indiretamente, havia o impacto da percepção dos clientes. ”A qualidade é sempre uma preocupação para quem oferta um serviço de valor agregado que depende de uma infraestrutura básica para sua prestação. É necessário que essa infraestrutura seja ofertada com qualidade e garantias de livre acesso sem discriminação. Caso contrário, as empresas oferecem os serviços de valor agregado acabam sendo impactadas pela percepção do usuário”.

 

O mercado já tinha um entendimento de que não poderia existir este tipo de limitação e para Duarte, o que a Anatel fez foi reforçar essa percepção, ressaltando o posicionamento que já estava previsto nas outorgas de prestação de serviço. “A principal questão é o usuário, que terá mais segurança e tranquilidade para usar serviços convergentes. A percepção certamente será positiva, uma vez que o cliente terá uma entrega garantida daquele serviço contratado”.

 

Esta decisão da Anatel é importante para todos os players do mercado de telecomunicações. “É preciso reconhecer o nível de conhecimento técnico e mercadológico do órgão regulador, que está acompanhando a evolução do mercado e atualizando a regulamentação, para que o setor tenha condições de crescer. A Anatel tem se mostrado a favor da inovação, apoiando a entrada de novas tecnologias, o que permite que o mercado se desenvolva. São bem-vindas iniciativas como esta e outras que impulsionam o desenvolvimento e estimulem inovações”.


Aguarde a conclusão do carregamento da página...

Atenção